21 de janeiro de 2019/POR Soraia Alves

Planejar uma viagem para a Europa é o sonho de muita gente. E por quê não aproveitar o roteiro para incluir alguns festivais para conhecer em sua viagem de férias para a Europa? Essa é a oportunidade perfeita para ter uma experiência em um festival fora do Brasil!

Colocar um festival no meio da sua programação de viagem ajuda bastante, principalmente em relação ao orçamento, já que a cidade de destino já seria visitada de qualquer maneira.

10 festivais para conhecer em sua viagem de férias para a Europa

Em nossa seleção de festivais para conhecer em sua viagem de férias para a Europa, priorizamos alguns dos melhores e mais conhecidos eventos, mas que também acontecem em cidades que merecem a visita e que sempre estão nos melhores roteiros de viagem. Confira e boa viagem!

Primavera Sound

Barcelona é palco do Primavera Sound, um dos festivais de música mais aclamados do mundo, o ponto de partida perfeito para sua Eurotrip. Com foco em artistas estabelecidos da música Indie, hoje o festival explora outros nichos musicais, incluindo grandes nomes do Hip Hop, e uma grande variedade de artistas eletrônicos. que passam por seus quatro palcos principais.

Além da música, o Primavera Sound traz exposições de arte, feiras de discos, iguarias gastronômicas e vários outros espetáculos em diversos lugares da cidade. Confira nossas experiências no Primavera Sound aqui e aqui.

Por que ir? Já dissemos que Barcelona é incrível, mas o Primavera Sound oferece a oportunidade de conhecer ainda mais da cidade, graças a sua programação de eventos em lugares diferentes de capital catalã. Além disto, é uma das melhores épocas de viajar para a cidade, já que em Julho o clima esquenta demais e a cidade recebe uma lotação máxima de turistas, encarecendo hotéis e tornando a cidade tão quente quanto uma panela de pressão!

Próxima edição: de 30 de maio a 01 de junho de 2019.

ATENÇÃO: E se você quer aproveitar a edição 2019 do festival, o Primavera Sound é o próximo destino do OCLB travel (clique aqui), nosso programa de viagens em grupo para festivais internacionais. O festival é apenas parte de uma programação de atividades especiais que terá, ao todo, 1 semana com jantares, almoços e happy hours; conversas com empreendedores e agitadores da cena local; passeios e visitas guiadas; e a oportunidade de conhecer uma cidade em companhia de um grupo reduzido – máximo de 10 pessoas – com a nossa curadoria especializada.

Saiba mais detalhes dessa oportunidade e venha viajar com a gente!

Sónar

O Sónar é um festival que mistura música, artes e design, e há mais de 25 anos transforma Barcelona em um polo discussões sobre tendências em inovação e cultura. Desde a sua criação, o festival é dividido em duas partes, o Sónar by Day e o Sónar by Night, e em 2013 também ganhou o Sónar+D, uma espécie congresso de três dias dedicado à Criatividade, Tecnologia e Negócios.

No lineup, sempre muito bem montado, já passaram artistas como Björk, Grace Jones,Kraftwerk, Thom Yorke, MIA, Beastie Boys, Gorillaz, entre outros.

Por que ir? Barcelona é um dos grandes polos culturais do mundo. O clima com festas, praia, boa comida, temperatura agradável e muitas opções culturais é de fazer qualquer um se apaixonar.

Próxima edição: de 18 a 20 de julho de 2019.

Veja mais dicas e detalhes desse combo Sónar + Barcelona na coluna “Uma Viagem dos Sonhos”.

Roskilde

O Roskilde é um dos três maiores e mais tradicionais festivais de música da Europa, e traz em seu DNA as bases de “desenvolvimento da música, cultura e humanismo”. O festival se denomina uma comunidade criativa e espiritual e acontece em uma cidade temporária a 30 km de Copenhague, e que abriga a quarta maior população da Dinamarca durante sete dias.

Pelos palcos do festival já passaram artistas como Nirnava, David Bowie, R.E.M, Radiohead, Jay-Z, Rihanna, Jack White, entre outros.

Por que ir? Colocar o Roskilde entre os festivais para conhecer em sua viagem de férias para a Europa possibilita uma passagem pela capital dinamarquesa, conhecida por sua beleza e qualidade de vida. Vale ver a história viking e perto!

Próxima edição: de 29 de junho a 06 de julho de 2019.

Veja como foi a nossa experiência no Roskilde.

Electric Castle

O Electric Castle é um festival único, que acontece dentro do Bánffy Castle, um castelo medieval na Romênia. O castelo sofreu com a Segunda Guerra Mundial, passando por algumas restaurações e ganhando destaque ao se tornar palco do festival. O festival, inclusive, doa parte do dinheiro arrecadado com a venda de ingressos para o processo de restauração do castelo.

O festival se tornou tão queridinho do verão do Leste Europeu que já ganhou várias vezes a categoria “Best Medium Sized Festival”, do European Festival Awards.

Por que ir? O Electric Castle acontece bem na Transilvânia, região histórica da Romênia e bem famosa pelas lendas que mexem com o imaginário popular. É uma ótima oportunidade de traçar um roteiro pelo Leste Europeu e ainda garantir a passagem por um festival incrível.

Próxima edição: de 17 a 21 de julho de 2019.

Veja como foi a nossa experiência no Electric Castle.

Sziget

Também parte dos festivais do Leste Europeu, o Sziget acontece na Hungria e tem uma atmosfera tão envolvente que é chamado de “ilha da fantasia” e sempre comparado ao Burning Man. Além de ser um dos maiores festivais da Europa, o Sziget é muito bem conceituado, já tendo levado de “Best Major European Festival” do European Festivals Awards, em 2011 e 2014.

Por que ir? O Sziget não é focado apenas em música, mas em todas as formas de artes, incluindo dança, circo, artes plásticas e mais. Por isso mesmo, colocar o festival na rota é garantia de conhecer um lado único e totalmente cultural do Leste Europeu e do público. Experiência cultural melhor não há!

Próxima edição: de 07 a 13 de agosto de 2019.

Veja como foi a nossa experiência no Sziget.

Glastonbury

Conhecido como o maior festival da Europa, o Glastonbury – o festival dos festivais – acontece por cinco dias na Inglaterra. Além da música contemporânea, o festival apresenta dança, teatro, circo e outras artes para um público de, aproximadamente, 175 mil pessoas.

A história do festival traz apresentações memoráveis, como Paul McCartney, David Bowie, Rolling Stones, Radiohead, Oasis, U2, Johnny Cash, Beyoncé, Bruce Springsteen, Morrissey, entre outros.

Por que ir? Conhecer a Inglaterra é sonho de muitas pessoas. Participar de um dos maiores festivais de música do mundo também. Então nada melhor que juntar esses dois tópicos em uma única viagem. Imagine aproveitar a estadia no país e conferir centros de pura cultura como Londres, Liverpool e Manchester? É a viagem perfeita!

Próxima edição: de 26 a 30 de junho de 2019.

Confira nossa experiência no Glastonbury.

Tomorrowland

O principal festival de música eletrônica do mundo também acontece na Europa, mais precisamente na Bélgica: o Tomorrowland. O festival é um verdadeiro mundo da fantasia, com performances inusitadas, estrutura incomparável, pirotecnia, moda, culinária, simbolismos e muito mais.

Ah, e seu lineup é um dos mais aguardados e respeitados do mundo. Simples assim!

Por que ir? O Tomorrowland acontece em Boom, cidade com menos de 20 mil habitantes da Bélgica. Ainda assim, a visita para outros lugares do país, como a belíssima Bruxelas é fácil de ser feita, e quase obrigatória se você quer conhecer mais do país. Por ser muito próximo da França, essa é outra parada essencial na hora de montar o roteiro.

Próxima edição: de 19 a 28 de julho de 2019.

Veja nossas experiências no Tomorrowland aqui e aqui.

Nuits Sonores

Por falar em França, o Nuits Sonores é um dos principais festivais de música eletrônica do país, embora ele englobe muito mais do que apenas música. Com mais de 15 anos, o festival acontece em diversos lugares da cidade, e assim como o Sónar, se divide em programações de dia e de noite, entre dezenas de festas, exposições, instalações artísticas, exibição de filmes, workshops e muito mais.

Por que ir? Uma oportunidade de conhecer a França além do óbvio. O Nuits Sonores acontece em Lyon, a segunda maior cidade da França (em área urbana) e capital gastronômica do país, com paisagens de tirar o fôlego. Mas é claro que é possível montar um roteiro de viagem que contemple a famosa capital francesa, Paris. Muitas vantagens em uma viagem só!

Próxima edição: de 28 de maio a 02 de junho de 2019.

Confira nossa experiência no Nuits Sonores.

Melt!

O Melt! é um festival que mistura rock, pop e eletrônico num verdadeiro museu a céu aberto da Alemanha, conhecido como “a cidade do ferro”, formando um espaço que mescla história industrial, cultura e natureza.

No lineup já passaram artistas como Portishead, Aphex Twin, alt-J, Kylie Minogue, The XX, Tame Impala e mais.

Por que ir? Aproveitar uma viagem pela Alemanha e conhecer o Melt! é a grande dica. O festival acontece na cidade de Gräfenhainichen, que fica a 3 horas de trem de Berlim. Aproveite para traçar o roteiro pelo país e por quê não, por países vizinhos também!

Próxima edição: de 19 a 21 de julho de 2019.

Montreux Jazz Festival

Na Suíça, Montreux Jazz Festival é o mais conhecido festival do país e acontece anualmente durante o início do mês de julho em Montreux, às margens do Lago Léman, que já merece a visita só pela paisagem maravilhosa. O festival é bem tradicional, já que surgiu em 1967, e coleciona apresentações memoráveis como de Nina Simone, Ella Fitzgerald, Elis Regina, Keith Jarrett, Bill Evans e Jan Garbarek.

Por que ir? Além da emoção de estar no Montreux Jazz Festival – coisa que todo amante de música vai sentir – a visita ao festival permite conhecer a Suíça, destino que atrai cada vez mais turistas por suas paisagens, culinária e a “riqueza” de um país que faz qualquer um se sentir “phyno”.

Próxima edição: de 29 de junho a 13 de julho de 2019.