6 de novembro de 2018/POR Bruna Calegari

Por: Yasmine Holanda

 

O Subtropikal cresceu! O Festival de Criatividade Urbana que já acontece em Curitiba desde 2016, e neste ano teve a presença de mais de 5 mil pessoas, ampliou os horizontes e criou o Subtropikal Florianópolis, trazendo todo o conceito de conexões e iniciativas criativas para a capital de Santa Catarina.

Florianópolis tem recebido vários projetos e eventos legais nos últimos anos e a primeira edição do Subtropikal veio no embalo. Ainda assim, o festival se destacou por vários motivos, principalmente por reunir pequenos eventos e ações em um só.

A abertura oficial do Subtropikal Florianópolis foi no espaço da Lona Criativa, na sexta-feira, dia 02, enquanto o restante do evento rolou nos dias 03 e 04, nas dependências do Square Lab, espaço concebido pelo Centro Sapiens, vizinho ao Museu da Escola Catarinense.

Entre os destaques da programação estão a feira gráfica, os workshops, o bazar de marcas autorais, a festa, as opções de comidinhas e bebidas. Tudo estava interligado e tinha a mesma proposta. Só faltaram opções de comidas paras os vegetarianos.

O fato de ter juntado uma galera legal de Floripa + outra galera legal de Curitiba também foi super positivo e deu um frescor para o evento. Foi bem interessante chegar e ver várias “caras” novas que a gente não costuma ver por aqui.

Também curti a união de artistas locais e de fora na curadoria das festas. Não fui no primeiro dia, mas a participação do duo Selvagem com certeza foi um dos destaques.

O fato de parte do festival ter ocorrido em um espaço que é um estacionamento abandonado nos fins de semana gerou interesse e curiosidade. O lugar ficou lindo com as intervenções do Rodrigo Level e perfeito para receber o Sounds in da City. Espero que isso realmente abra as portas para outros eventos parecidos no mesmo local.

Para melhorar as próximas edições, sugeriria que a programação do Subtropikal Florianópolis seja fechada previamente e divulgada de uma vez só. Tive a impressão que as coisas foram sendo confirmadas ao longo dos dias e com isso a divulgação não ficou tão clara, o que pode ter atrapalhado um pouco.

Com um primeira edição curiosa, só de pensar no Subtropikal 2019 em Floripa, já criamos expectativas positivas!