21 de agosto de 2019/POR Ana Luiza Cavalcante

Quem já teve a oportunidade de passar as férias durante a alta temporada do verão Europeu – Junho, Julho e Agosto, com certeza teve uma das melhores experiências de vida, principalmente para os amantes de música eletrônica. A Europa recebe durante o verão milhares de festivais, que agrada a gregos e troianos. Tem desde festivais de indie rock, pop, metal, rock e claro os festivais de música eletrônica mais conhecidos do mundo. 

Antes de continuar a leitura, uma perguntinha: topa viajar com a gente para uma cidade e um festival dos sonhos? Conheça os próximos destinos OCLB travelWeb Summit (Lisboa)SXSW (Austin)Sónar (Barcelona) e Primavera Sound (Barcelona).

10 festivais de música eletrônica para não perder na Europa

É por isso que a gente decidiu reunir os 10 melhores festivais de música eletrônica da Europa para você já traçar o seu próximo roteiro de férias. É pra se jogar na pixxxta como se não houvesse amanhã!

1. Tomorrowland 

Considerado o maior festival de música eletrônica do mundo, o Tomorrowland ganhou os holofotes da mídia em meados de 2012 quando um dos seus famosos aftermovies viralizou no Youtube – veja aqui o de 2019 – e despertou o sonho de milhares de pessoas de viverem a magia do festival na Bélgica.

Hoje, o festival é realizado durante 2 finais de semana intensos com muita música, um acampamento super completo que possui até academia. O trabalho de branding e marketing vai desde a loja com produtos oficiais a conjunto de panelas do serviço gourmet do festival.

No que diz respeito ao som, tem de tudo um pouco, o main stage sempre leva o tema do festival e os demais palcos encabeçam subtemas dentro do conceito principal do festival. Em 2019 o festival comemorou 15 anos com o Return of The Book Of Wisdown. Este tema deu origem a edição mais famosa do festival, em 2012.

2. Awakenings

Podemos resumir o Awakenings como o festival “Onde o filho chora e a mãe não vê”. Este é um dos festivais de música eletrônica da Europa realizado em Amsterdã e conhecido mundialmente como o reino do techno e seus fiéis escudeiros.

Com palco cheio de LED e muito CO2 e fogos, o main stage do Awakenings é onde os maiores DJs e produtores do estilo se encontram para celebrar a boa música e as vertentes do provenientes do Techno e do tech house.

3. Dekmantel

Pensa em lugar onde você vai conseguir desbravar diversas sonoridades fora da curva que você nunca imaginou escutar na vida. Esse lugar é o Dekmantel. Com uma pegada mais hype tanto musicalmente quanto na cenografia, o festival atrai pessoas do mundo que se encaixam no perfil descolada musicalmente.

4. Kappa Futur Festival

Nem o calor de mais de 40 graus desanimou os milhares de fãs do Techno a comparecerem na edição de 10 anos do Kappa Futur Festival, em Torino, na Itália.

O Futur Festival nasceu em dezembro de 2009 para celebrar o centenário do Futurismo, reunindo mais de 7.ooo pessoas de toda a Itália no Oval Lingotto, resultando assim a festa de Ano Novo mais amada da Itália. Foi somente em 2012 que a edição passou a ser realizada durante o verão, de dia e com o nome de Kappa Futur Festival.

5. Welcome To The Future

Realizado em um parque lindo na região de Twiske, na Holanda, o Welcome To The Future não é um dos festivais de música eletrônica da Europa mais conhecido entre o público mainstream do Techno.

Em 2017, eu tive a oportunidade de marcar presença no festival e conferir um dos papas da house music, Kerri Chandler, fazendo um som para lá de adulto com muita maestria! Depois de dar um rolê pelo festival, descobri palcos no meio da floresta, com muitas árvores e com um som super dançante rolando.

Foi um festival bem diferente dos que costumo frequentar, pois reparei que o seu público era mais velho. Uma galera mais adulta e madura, acostumada com o som que estava sendo reproduzido ali.

6. Time Warp

Realizado em Mannheim há exatos 25 anos, o Time Warp é dos festivais mais respeitados e aclamados do gênero techno. Recentemente chegou ao Brasil e já tem data marcada para a sua segunda edição, no feriado de 15 de novembro, em São Paulo. 

7. Sonus Festival

Praia, sol, verão e muito techno. Essa é a mistura paradisíaca que levam milhares de pessoas ao Sonus Festival na Croácia. Em meio ao mar Adriático em boat partys eletrizantes, o festival é 100% open air com um visual de cair o queixo. 

8. Sonar Barcelona

O Sonar é um dos festivais mais conhecidos do mundo. Com uma pegada dia e noite, mesclando palestras e música, o festival abrange gêneros diversos dentro da música eletrônica. Aqueles que marcam presença desbravam novas sonoridades e também conferem shows e apresentações fora da curva.

Quer ir com o OCLB travel na edição 2020? Saiba como.

9. DGTL

DGTL ou DIGITAL é um festival de música eletrônica com foco em sustentabilidade. Sempre atentos ao impacto ambiental e social, buscam trabalhar com parceiros entusiastas para divulgar sua mensagem e expandir o seu alcance.

Mesclando arte e música, procuram se envolver com os principais artistas dos locais onde realizam suas edições (ADE – Amsterdam, Barcelona, Brasil, Israel, Madrid, Santiago e India), fomentando a cultura e arte local como um dos pilares de sustentabilidade para a sua cenografia.

  • Onde: ADE – Amsterdam, Barcelona, Brasil, Israel, Madrid, Santiago e India
  • Quando: Outubro
  • Site Oficial: https://dgtl.nl

10. Boom

Boom Festival é um festival bienal de cultura visionária realizado em Portugal durante a lua cheia de Agosto. Iniciou-se em 1997 enquanto evento musical, mas evoluiu ao longo das suas edições para uma celebração da cultura alternativa. O Boom é hoje um festival multidisciplinar, transgeracional e intercultural.

E então, malas prontas? Nos vemos na pista!