7 de março de 2018/POR Ana Luiza Cavalcante

Durante os dias 16 e 17 de março, o Women’s Music Event retorna ao Centro Cultural São Paulo com um total de 12 painéis de debates, 6 workshops e 3 shows, em dois dias de muito aprendizado e networking.

No total, cerca de 70 mulheres que ocupam posições estratégicas no mundo da música estarão dividindo seus conhecimentos com o público. Na programação, o destaque será para temas instigantes com foco no mercado da música, englobando negócios e tecnologia sob a perspectiva das mulheres.

Além da parte diurna, estão confirmados dois eventos noturnos – uma festa dedicada à música eletrônica, uma noite reunindo nomes da MPB e um festão gratuito no domingo, 18 de março, em uma rua estratégica de São Paulo e que reunirá representantes femininas da cena emergente do rap nacioanal.

Alguns números  do WME 2018

  • 3 dias de programação somando quase 40 horas de festival;
  • Mais de 70 mulheres participando dos painéis;
  • 8 horas de workshops técnicos;
  • Cerca de 20 shows com estilos e gêneros variados;
  • Equipe técnica composta totalmente por mulheres.

Alguns nomes já confirmados para os painéis são: Roberta Martinelli, Eliane Dias, Fátima Pissara, Claudia Assef, Renata Simões, Tiê, Alice Caymi, entre outras.
Depois de estrear com Marina Lima como madrinha num dos momentos mais emocionantes do WME 2017, agora é a vez da cantora e compositora baiana Pitty ser a madrinha da conferência desse ano.
Sob mediação de Claudia Assef, o painel exclusivo sobre a vida e obra da cantora será na sexta, dia 16, das 17:30 às 19h.

Alguns temas de painéis já foram divulgados

  • Hashtag Publi: os limites do casamento entre marcas, eventos e influenciadores;
  • Rap: como um movimento que nasceu no gueto se consolidou como uma das maiores forças da música pop;
  • Diga-me quem você segue e eu te direi o que você ouve: a importância da curadoria musical no mercado das plataformas digitais;
  • A magia (e o sofrimento) por trás do nascimento de um álbum: afinal, por que insistir no formato?
  • Direito Autoral: como determinar a autoria de uma música? Compositoras, letristas, quem deve receber pelos direitos de uma canção?
  • Audiovisual: clipe, Vjing e iluminação como ferramenta fundamental para divulgação da música

Além dos painéis, serão ministrados alguns workshops

  • Beatmaking – Rafa Jazz
  • Cantar é para todos – Patrícia Marx
  • Editais e Leis de Incentivo, por onde eu começo? – Inti Queiroz
  • Gestão de Carreira – Fabiana Lian

Os ingressos para a conferência podem ser adquiridos através do Sympla.

Foram mantidos os preços de entrada da conferência de 2017 (R$ 40 inteira e R$ 20 meia) e reduzido o valor do combo para todas as atividades (de R$ 180 para R$ 150)