5 de dezembro de 2019/POR Sandro Sanje

No dia 23 de novembro as portas do mundo da fantasia se abriram em Aracaju para a 22ª edição do Festival Odonto Fantasy. Conhecida por sua orla, considerada uma das mais bonitas do Brasil, além das riquezas naturais e culturais, sendo o forró e as festas juninas elementos expoentes de sua cultura, a capital sergipana ainda tem espaço para ser palco de uma das maiores festivais a fantasia do país. 

No início, um evento universitário para 500 pessoas, sem nenhuma pretensão. Hoje, um festival aberto para todos e que coloca Sergipe na rota dos festivais brasileiros. São mais de 15 mil pessoas lotando uma área exclusivamente montada para o evento. 

Aftermovie 2018

Promo 2017

A ideia era fazer uma festa diferente para a turma da faculdade de odontologia, mas rendeu. De lá até hoje o evento tomou corpo e tem uma legião de fãs que se deslocam de várias partes do país para viverem seu dia de sonho, de fantasia.

Como foi o Odonto Fantasy 2019

A exemplo de outros grandes festivais a fantasia no Brasil, como o Magic Island, em Florianópolis (SC), o Federal Fantasy, em Alfenas (MG) e o Aviões Fantasy, em Fortaleza (CE), o Odonto Fantasy consolidou seu espaço na galeria de grandes eventos no Brasil, por perseguir a qualidade da entrega, pioneirismo na região e o cuidado com seus fãs. Por falar em fãs, o festival tem mais de 60% do seu público de fora, boa parte dos estados vizinhos, Bahia e Alagoas. Mas o festival vem invadindo outras fronteiras e abrindo espaço para apreciadores e participantes de todas as regiões do país. Prova disso foram os mais de 200 ingressos vendidos somente em São Paulo, onde as vendas antes eram bastantes tímidas. 

O Odonto Fantasy é um dos maiores eventos do estado. Mas, felizmente, não está só. Outro grande festival, já tradicional, tem espaço garantido e aficionados literalmente apaixonados: o Fest Verão Sergipe. Em sua 6ª edição o Fest vem com grandes novidades, reformulando seu formato e celebrando as mais de 500 mil pessoas que já curtiram as suas 5 edições anteriores. 21 de dezembro é dada a largada e segue até 25 de janeiro de 2020. O lineup promete: Ivete Sangalo, Léo Santana, Gustavo Lima, Bruno e Marrone, Raça Negra, Wesley Safadão, É o Tchan, Bell Marques, Mano Valter e muitos outros.

O mundo da fantasia

Mais de 4 mil toneladas de equipamentos montadas num sítio próximo a área urbana. Fora 2 palcos, 1 camarote, 1 lounge e uma super tenda eletrônica. Essa é a megaestrutura que abriga o Odonto Fantasy. A excelência dos serviços é uma das grandes preocupações dos organizadores do festival, bar, cenografia, alimentação e atendimento médico, além da segurança, são pontos levados muito a sério. O objetivo é atender as expectativas dos fãs, oferecendo-lhe uma experiência prazerosa.

A diversidade é o ponto forte do Odonto Fanatsy. Por ser um festival à fantasia, que por si só é a grande atração do evento, a criatividade não tem limites. É um mundo de cores, de liberdade, alegria e diversão, ser feliz é mais que permitido. Falando em diverso, o line-up é constelação, mistura de ritmos que sempre agrada todas as tribos: rock, reggae, axé, sertanejo e muita música eletrônica, sempre presentes. Em 2019 pode não ter sido o lineup dos sonhos, mas não deixou, em um só momento, de fazer com que a galera liberasse a emoção e soltasse a voz, uma energia maravilhosa, assinatura registrada do Odonto.

Os Faranis fizeram a abertura. Estreante no festival a banda sergipana tem como marca a irreverência. Ritmos brasileiros, muito pop, brega e uma alegria contagiante que não deixa ninguém parado, muita zoeira e diversão no palco, um show divertidíssimo, que tem a vibe do Odonto.

Em seguida, som da melhor qualidade: Falcão. O artista já havia se apresentado no Odonto com o Rappa, em carreira solo foi a sua primeira vez no evento. Um show com novos e antigos sucessos, com letras que sempre são uma grande oportunidade para reflexão. A galera curtiu, dançou e cantou com o “pescador de ilusões”.

O forrónejo da dupla Simone e Simária levou o Odonto à loucura. Suas músicas estão na boca de 10 em cada 10 pessoas, com diversos sucessos tocando em todas as plataformas. As “coleguinhas” tem milhares de fãs onde quer que se apresentem. Foi um dos shows que mais agitaram a galera.

Logo após, a energia ficou por conta do som “good vibes” do baiano solar Saulo Fernandes, que inundou o festival. Unanimidade, Saulo é um cara que fala de amor, de esperança, de alegria, de consciência, de igualdade. Filho do axé, Saulo tem espaço garantido em qualquer lugar onde as boas vibrações são chaves para a alegria, um show sempre inesquecível, de pura sintonia.

O forró não fica de fora em uma festa onde todos se sentem representados, ainda mais em Sergipe. A vez foi da Saia Rodada, banda de forró potiguar que tem fãs apaixonados em todo o nordeste com seus sucessos na ponta da língua. A Saia, como popularmente é chamada, fez aquele momento “danado de bom”, todo mundo dançou agarradinho, ao som do forró eletrônico.


Pra fechar a noite, já com o sol se fazendo convidado, o pagode baiano toma conta do palco, hora de recarregar as baterias, nada de ficar parado. Tony Sales e sua Parangolé fez com que 5h da manhã parecesse o início da festa, até quem estava meio encostado não deixou o cansaço vencer, entrou no ritmo do pagode baiano e aproveitou tudo que um momento como esse oferece, energia pura.

Tenda Vooar

Enquanto essa mistura rolava nos dois palcos principais, a tenda eletrônica Vooar era uma efervescência de ritmos e batidas numa cadência enlouquecedora. Foram mais de 12 horas de pickups em alta vibração, com 6 DJ’s tocando e jogando os fãs da música eletrônica pra cima. 

Tenda Vooar

Patrocínios e ativações

Há alguns anos a Devassa é a maior parceira do festival, sendo a  cerveja oficial. Na régua de patrocínios ainda tiveram Banese Card, Romanel, Universidade Tiradentes (UNIT), Cencosud GBarbosa e o Shopping Jardins.

Ativações de marcas passam longe de ser referência do evento, apesar do amplo potencial. Além da marca Odonto Fantasy, a cervejaria era a mais presente com sua logo distribuída em toda a cenografia, balões, testeiras e painéis. No Lounge houve distribuição de brindes por alguns parceiro, também maquiagem e penteados estilosos realizados por apoiadores. Exceto o já dito, nada mais foi desenvolvido, não tendo nenhuma marca, além do próprio festival, que proporcionasse alguma ativação de experiência memorável.

Sustentabilidade, economia e ação social na pegada do Odonto Fantasy

A sustentabilidade também é prática do Odonto. Copos retornáveis são utilizados para redução de consumo de descartáveis. Todo resíduo reciclável é destinado a cooperativas parceiras.

Há alguns anos o festival abraçou a causa Fome Zero, alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) da ONU e instituiu o ingresso solidário, neste ano foram mais de 4,5 mil toneladas de alimentos arrecadados e destinados para instituições de caridade. Ainda em consonância com o padrão de sustentabilidade, o Odonto incentiva, através de campanhas em todos os seus canais, a utilização de transporte público, táxis e App’s para a mobilidade e maior segurança dos participantes do festival.

Na economia local a atuação do festival é generosa, emprega mais de 1.100 pessoas diretamente durante toda a sua organização. São técnicos, roadies, comissários, atendentes de bares, lanchonetes, restaurantes, produtores e vários outros profissionais que trabalham e são remunerados, fazendo a roda da economia girar.

Para matar a fome e a sede

O Food Park foi o destino. Food trucks e outras estruturas foram disponibilizadas, com cachorro-quente, espetinhos, hambúrgueres, muitas outras comidas e petiscos rápidos estavam no cardápio da praça. Porém, nada com maior sofisticação.

Os bares estavam bem posicionados, atendendo toda estrutura do evento, cerveja gelada no Open e nos outros pontos também. Na tenda e no gramado não foi diferente, sem reclamações. Fica somente um ponto negativo no open, o desperdício, muita gente jogando cerveja fora, copos cheios indo para o lixo, lamentável.

Outros serviços no Odonto Fantasy

Sanitários containers climatizados no Lounge e no Beer+ (camarote) e dezenas de sanitários químicos espalhados em módulos fechados, bastante organizado.

O ponto baixo da festa foram as áreas de descanso, que mesmo no Beer e Lounge foram reduzidas e na tenda e gramado a galera estava se valendo do chão mesmo para se jogar, sem nenhuma estrutura.

Minha visão sobre o Odonto Fantasy 2019

Um festival colorido, alegre, de vibe maravilhosa, numa cidade linda, que entregou o que prometeu aos seus quase 16 mil participantes. Claro que muita coisa ainda pode ser melhorada, e será. Segundo Daniel Cabral, um dos organizadores do festival, se existe uma palavra para definir o Odonto para suas próximas edições é revolução. Vamos estar lá para conferir.

Agradeço ao grande parceiro Carlúcio Bonitão, que sabe tudo de estrutura para shows, pela força, a Daniel Cabral, pela atenção, informações e disponibilidade, a Gustavo Paixão, pela coragem e o pioneirismo,o cara é foda, plantou uma semente e vem colhendo tão bons frutos.

Odonto Fantasy 2020, só vem!

***

Confira mais artigos de outros festivais do Brasil e do mundo já publicados no Projeto Pulso.