6 de fevereiro de 2019/POR Soraia Alves

No ano passado, o site português Aporfest (Associação Portuguesa de Festivais de Músicapublicou uma pesquisa sobre o papel como os festivais têm sido fundamentais em Portugal para o incentivo da indústria do entretenimento e muitas economias fora do nicho Lisboa-Porto. Com isso, o Ministério do Turismo do país passou a apoiar a realização de festivais, visando trazer mais turistas internacionais a Portugal.

Agora, o mesmo Aporfest mostra uma nova pesquisa, que aponta como o número de festivais em Portugal só cresce. Ao longo de 2018, o país recebeu um total de 311 festivais de música, o que é um recorde. O resultado representa um aumento de 14,3% em relação a 2017, quando foram realizados 272 festivais.

Esse aumento tem relação direta com  a iniciativa do Ministério do Turismo, uma vez que grande parte desses novos festivais aconteceu em cidades novas no circuito, incluindo até ilhas.

Outro ponto interessante é que grande parte dos festivais de Portugal tem implementado projetos nomeadamente ligados à sustentabilidade, como copos reutilizáveis, painéis solares, entre outros, além das novas tecnologias como cashless.

Além do Ministério do Turismo, o Ministério do Ambiente e Ministério da Cultura também passaram a apoiar mais eventos no ano passado.