8 de março de 2018/POR Ana Luiza Cavalcante

Celebrado no dia 8 de março, o Dia Internacional da Mulher surgiu no final do século XIX e início do século XX nos Estados Unidos e na Europa, com o objetivo de melhorar as condições de vida e trabalho para as mulheres além do direito de voto.

Em um mundo cheio de preconceitos, assédios e uma força feminina tão evidente em busca da igualdade de gênero, o Projeto Pulso resolveu homenagear 8 mulheres que são sinônimos de “mulheres da porra toda” no mundo da música!

BEYONCÉ

Uma das maiores cantoras pop mundiais, Beyoncé dispensa comentários. Iniciou sua carreira através do grupo Pop – R&B, Destiny’s Child ao lado de Kelly Rowland e Michelle Williams. Em 2001, a cantora seguiu carreira solo e foi apadrinhada pelo seu atual marido e parceiro, o rapper e produtor Jay-Z. Após o cancelamento da sua apresentação no festival Coachella no ano passado por causa de sua segunda gravidez, a apresentação da cantora é uma das mais aguardadas de todos os tempos na edição desse ano do festival.

RITA LEE

Uma das figuras mais emblemáticas do rock nacional, a cantora Rita Lee completou no ano passado 50 anos de carreira. Em 2016, a cantora lançou sua autobiografia, na qual de forma divertida relata detalhes de sua carreira, momentos divertidos entre seus familiares e histórias diversas pelas quais passou durante os longos anos de carreira. Não podemos deixarr de citar que Rita fez parte do grupo de rock psicodélico Os Mutantes, ao lado de Arnaldo Batista e Sergio Dias.

MADONNA

Madonna alcançou o estrelato rapidamente em 1984 e viu grande parte da mídia deixar de lado a maioria das suas virtudes musicais. Apreciar a sua música tornou-se ainda mais difícil à medida que as décadas passavam, enquanto a discussão sobre seu estilo de vida era mais importante que seu trabalho. No entanto, uma das maiores conquistas de Madonna foi exatamente manipular a mídia e o público com suas músicas, seus vídeos, sua publicidade e sua sexualidade. Provavelmente, Madonna foi a primeira estrela pop feminina a ter controle total de sua música e imagem.

JAYDA G

DJ e produtora canadense, Jayda G transmite uma energia e animação durante suas performances que é impossível ficar parado quando essa mina está no comando das pick ups. Com uma set que mistura Jazz, Soul, Funk, Disco, House e muito Groove, ela sabe comandar uma pista e envolver o público.

IZA

Cantando sobre temas atuais, como o empoderamento feminino, IZA é uma voz poderosa na mídia e nas redes sociais, com trabalhos na moda e publicidade além de participação nos principais programas de TV. IZA foi uma das grandes surpresas do Rock in Rio 2017, como artista convidada especial no show do cantor americano Cee Lo Green. A cantora foi descoberta através do seu canal do Youtube, com gravação de covers de grandes artistas como Beyoncé, Adele e Rihanna.

ANNA

DJ e produtora brasileira com residência em Barcelona, ANNA iniciou sua carreira aos 14 anos quando começou a desenvolver uma forte conexão com a música trabalhando na discoteca de seu pai no interior de São Paulo. Um pouco mais tarde, ANNA se mudou para a capital e mergulhou na cena underground da música eletrônica. Graças a sua persistência e amor a música, hoje ela tem seu trabalho reconhecido nos melhores clubes do mundo, além de se apresentar em grandes festivais dentro e fora Brasil.

MARISA MONTE

Uma das vozes mais aclamadas da MPB, a cantora e compositora Marisa Monte iniciou sua carreira em 1989 e de lá pra cá acumula diversos prêmios pelo talento e pelas composições de sucesso. Depois de uma pausa de 15 anos com o grupo Tribalistas, Marisa, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown resolveram se unir novamente, lançaram um disco no ano passado e em breve sairão em turnê pelo Brasil.

ANITTA

Após sua apresentação nos Jogos Olimpícos do Rio de Janeiro, em 2016, Anitta teve um salto na carreira, se tornando uma das maiores cantoras pop da atualidade. Além de administrar sua própria carreira internacional, se juntou ao produtor Diplo ao lançar a música “Sua Cara” ao lado da cantora e da drag queen Pabllo Vittar. Já o sucesso garantido na boca da galera durante o carnaval desse ano foi o hit “Vai Malandra”, no qual Anitta retornou as origens do funk.