31 de janeiro de 2018/POR Franklin Costa

O Dekmantel é aquele tipo de festival para se jogar de olhos fechados. E ouvidos abertos. Afinal, não tem como decepcionar-se com seu line-up.

Criativa e eclética, a curadoria equilibra com maestria artistas da vanguarda e lendas do passado, sem nunca apelar para o mainstream. Não importa se o seu lance é techno, house, jazz, soul, disco, electro,Hip-Hop ou MPB. Tem isso tudo lá e mais um pouco.

Dito isso, segue uma lista com as 10 atrações imperdíveis para conferir no próximo Dekmantel São Paulo. Além dessas, existem outras 37 atrações de respeito. Mas esses 10 são aqueles que – pelo menos eu – não arriscaria perder de jeito algum. Mesmo que seja só pra dar uma passadinha 😉

10 – Courtesy

Techno é o que você vai mais encontrar no line-up do Dek. Mas, se você busca algo realmente diferente dos big names já conhecidos por aqui, confira o som futurista e nada convencional dessa dinamarquesa. Pode anotar esse nome. 

9 – DJ Stingray

Era uma vez, uma época que ninguém tocava techno com menos de 140 BPMs. Os DJs flertavam com o electro e vocais robóticos-afro-futuristas. Detroit era ‘A’ capital do techno e não Berlim. E se você quer uma viagem no tempo, esse é o set que você não pode perder.

8 – Palms Trax

Ok, seu lance não é techno. Que tal então uma música cheia e ensolarada, vocais carregados de soul e aquele baixo gordo que bate no peito e quebra as cadeiras? Ano passado, Palms Trax nos entregou tudo isso. E nesse ano vai ter bis.

7 – Os Mulheres Negras

Duo de rock experimental brasileiro de 1985 (André Abumjamra e Maurício Pereira), que se descreve como “a terceira menor big band do mundo”, com apenas dois discos e um culto fiel de seguidores geeks. Quando chamei o line de ‘eclético’, foi isso o que quis dizer.

6 – Marcos Valle

Disco, boogie, soul, jazz, música pra relaxar e espantar o carão. Combina com um Aperol Spritz ou um Mojito. Chame os amigos e espalhe sorrisos na hora que tocar “Estrelar”.

5 – Antal

É o cabeça do Rush Hour, um dos mais respeitados selos do mundo e a melhor loja de discos que já tive o prazer de conhecer. 100% qualidade e pesquisa musical. Esse holandês promete dar uma verdadeira aula de música brasileira, disco e soul. Shazan alerta!

4 – Azymuth & DJ Nuts

Azymuth se apresentou ano passado levando all that jazz para o Dekmantel SP. Infelizmente, sua apresentação foi um pouco atrapalhada por uma tempestade que caiu na hora. O trio retorna esse ano, acompanhados do DJ Nuts. Agora vai!

3 – Lena Wilikens

A música eletrônica tem duas rainhas hoje em dia. No house, Black Madonna. No techno, Lena Willikens. Se você perdeu a chance de vê-la no ano passado, faça o favor de não dar mole esse ano.

2 – Modeselektor

O duo berliner nunca deixou de descer a lenha no momento mais necessário. Mas fazem isso com criatividade e personalidade. Espere ver uma mistura de tudo aqui: techno, electro, dub, maximal (lembra?), bass, bass e mais bass.

1 – Four Tet

Four Tet (o cara da foto em destaque deste post) é um daqueles artista raros, capazes de produzir canções belíssimas e simples, elegantes e melódicas, do tipo que seus pais aprovariam (independente da sua idade). Mas ele também é um DJ de mão cheia, transitando entre o house e o techno, forte, intenso e hipnotizante. Não a toa é o nome mais esperado dessa próxima edição.

Nos vemos na pista.