Partiu Wonderfruit, Nosso Primeiro Festival na Tailândia - Pulso

Partiu Wonderfruit, Nosso Primeiro Festival na Tailândia

Nossa próxima parada será o Wonderfruit, festival tailandês que acontece entre 14 e 17 de Dezembro.

Dividido em 6 pilares – Artes, Música, Família, Alimentação Saudável (Farm to Feasts), Palestras & Workshops e Bem-Estar & Aventuras – o que mais nos chamou a atenção no Wonderfruit foi sua proposta plural e do bem.

E esse poster lindo, né?

A pluridade começa pelo line-up. Do techno minimal e cabeçudo do canadense Richie Hawtin ao reggae pop e colorido do australiano Chronixx, da psicodelia lisérgica e experimental dos novaiorquinos Yeasayer à cumbia eletrônica do produtor francês radicado no Equador Nicola Cruz, a experiência sonora do Wonderfruit é democrática e contemporânea.

Line-up plural e contemporâneo

Wonderfruit é um festival transformativo, como o Universo Paralello (Brasil), Boom Festival (Portugal) e Burning Man (EUA). Sua missão é produzir, promover e propor soluções inovadoras que possam possam trazer um impacto positivo ao planeta.

Uma das muitas palestras que rolam por lá

Sustentabilidade é a palavra de ordem. Diversas iniciativas serão desenvolvidas durante o festival, entre elas uma parceria com a Plastic Pollution Coalition (PPC), entidade que desenhou um plano para que não haja nenhum material de plástico no evento. Para ter uma ideia, pratos e talheres produzidos a partir de materiais recicláveis serão utilizados em toda a área de gastronomia do Wonderfruit. Os copos serão produzidos a partir da fibra do bagaço da cana de açúcar e , para cada drink comprado,  uma árvore será plantada pela organização do festival.

Cada árvore plantada é simbolizada por uma destas de papel

Como em outros festivais da mesma natureza, suas pistas serão divididas em “Camps”, uma espécie de microcosmos de características bem distintas entre si, espalhadas pelo festival. Cada Camp apresentará um conceito único e lúdico, incluindo toda uma experiência gastronômica, artística e audio-visual.

Yoga, meditação e até workshops de pintura vão rolar no Wonderfuit. Foto: Rosemary Vanderbroucke

Straight Outta Thonglor será o Camp da arte e cultura urbana, com uma proposta sonora voltada ao hip-hop. O Rainforest Pavillion será o santuário de todas as atividades espirituais e transformativas do festival, com artistas da Indonésia dando o tom do espaço. Para quem busca o surrealismo e fantasia, o Camp ALTN8 buscará referências do conto Alice no País das Maravilhas, tendo o techno como trilha sonora. Também haverá uma área para relaxar e viver uma verdadeira experiência imersiva sobre a cultura Thai, o Neramit Camp.

Camp ALTN8 na última edição do Wonderfruit

É nossa primeira experiência em um festival na Ásia e já estamos contando os dias! Fiquem ligados na nossa cobertura ao vivo por lá, sigam o @1festivaleveryday no Instagram e vem com a gente!

Contando os dias pra se jogar nesta mesa!
Alimento para a alma