5 de dezembro de 2018/POR Soraia Alves

Pulso Entrevista é uma série de bate-papos com produtores, criadores, curadores e todo mundo que faz os nossos queridos festivais acontecerem. Aqui você confere como surgiram esses festivais, o que está envolvido na realização de cada edição, curiosidades e muito mais!

A Elrow é daqueles eventos únicos, e que levam a criatividade a sério. Suas festas e produções são conhecidas pelas experiências inovadores e clima sem igual. Na gringa, a Elrow é sempre chamada de “a festa das festas”.

Nascida cem Barcelona, em 2010, a Elrow expandiu suas atividades para mais de 25 países, somando 132 eventos diferentes. No Brasil, ela chegou no ano passado, co uma edição que deixou extremamente feliz e satisfeito quem passou por ela.

A segunda edição acontece no próximo fim de semana, nos dias 07 e 08 de dezembro, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. E para saber o que esperar dessas edição – além de vários detalhes sobre a Elrow no mundo – o Pulso conversou com Matthew Hoag, Diretor Comercial da Elrow. Confira!

Foto: Divulgação

As experiências únicas da Elrow

A Elrow sabe que o público se importa sobre as experiências que um evento oferece: “Descobrimos que a nova geração quer algo mais, eles desejam experimentar algo novo. Dar a eles a oportunidade de mergulhar na experiência e serem parte do evento como público ativo, os faz sentir como co-criadores do evento”, explica Matthew.

Essa é a temática que permeia as festas da Elrow, mudando o papel do púbico de passivo para ativo, sendo justamente o seu diferencial perante outras marcas.

“Nossa estrela principal é o público, não os DJs ou a decoração ou qualquer outro elemento, mas o público”.

Mas para entregar esse conceito, nem sempre é fácil. Além de alguns desafios financeiro, operacional, de marketing, a Elrow encontra dificuldades em implantar seu modelo em mercados fora da Europa: “Você tem que ganhar a confiança dos parceiros e do público. Os primeiros anos não foram os mais fáceis. Acreditar no produto e poder posicioná-lo no mercado mundial é algo que requer muita paixão, dedicação e trabalho duro.”

A personalização para o público fez a Elrow desenvolver sua própria marca de roupas, a Elrowear: “Moda e entretenimento sempre foram interligados, acreditamos que é outro canal comunicacional e, também uma grande forma de expressar nossa ideia uma visão”.

A coleção é outra maneira de espalhar o nome da marca:

“Nós gostamos de fazer a mágica acontecer em todas as formas possíveis.”

Parcerias com grandes festivais

A Elrow faz muitas parcerias com grandes festivais, como o Sziget. E cada evento “é o seu próprio mundo”, como diz Matthew. “Você se encontra diferentes culturas, formas de trabalhar e, finalmente, desafios que tornam cada um dos eventos que você cria um mundo único em si. Diria que é preciso muita comunicação, esforço em conjunto para ouvir as necessidades uns dos outros e, finalmente, uma combinação de todos os elementos necessários para ativar um evento respeitando o mais alto padrão de execução que estamos pedindo.”

Chegar em territórios desconhecidos também não é fácil. “Um festival é um ambiente muito dinâmico, onde não importa o quanto você se prepare, encontrará problemas que precisam de soluções”.

Ainda assim, a Elrow já foi realizada em mais de 70 cidades ao redor do mundo, sempre com a mesma qualidade para o público. Para isso, a produção procura escolher os parceiros certos e caprichar na comunicação entre as equipes. Mas ajustes aos projetos são inevitáveis: “Uma vez que você conhece o projeto e analisa suas fraquezas, com um bom planejamento e uma comunicação perfeita, você pode alcançar resultados surpreendentes.”

Elrow em São Paulo

Matthew descreve a Elrow Brasil como “nossa versão do Carnaval brasileiro”, e dessa vez a edição traz um tema novo para o país.

“Estamos animados em trazer muitos balões, uma animação emocionante e também uma boa dose de música eletrônica apresentada pelos artistas mais quentes da cena. Tenho certeza que podemos esperar uma loucura total”, adianta o Manager.

A Elrow em São Paulo terá a presença de Camelphat (3h set), Mat.Joe, George Privatti, Volkoder b2b Dakar, Aninha, e mais. Para mais informações sobre os ingressos, acesse.