Sónar 2017 - Uma Aula Sobre Como Incentivar o Turismo de Uma Cidade - Pulso

Sónar 2017 – Uma Aula Sobre Como Incentivar o Turismo de Uma Cidade

Durante a semana de 12 a 18 de junho, turistas do mundo inteiro terão um motivo ainda mais especial para visitar Barcelona.

Além de sediar a 23ª edição de um dos festivais mais cool do mundo, a capital catalã será um dos epicentros da cultura contemporânea mundial.

Batizada de Sónar Week, a iniciativa apresenta uma série de atividades como exposições, concertos e instalações artísticas. Se liga:

FESTIVAL

Ninguém menos que a musa indie Björk será responsável pela abertura do festival. Ela fará um DJ set de 4 horas na quarta-feira (14/06). O encerramento do festival no domingo (18/06) será um concerto de Nico Muhly no piano e o projeto Stargaze apresentando sua versão da peça “Death Speaks”, de David Lang.

O que esperar de um DJ set da Björk? – Foto: Divulgação

A instalação sonora “Wave Shift”, de Mark Bain, ocupará o Pabellón Mies van der Rohe. E o espetáculo de dança experimental “Épica, de Aimar Pérez Galí, acontecerá no Mercat de Les Flors.

CONGRESSO

O Sónar+D, braço de criatividade, arte e tecnologia do Sónar, vai abrir na quarta-feira (13/06) o que eles chamam de Network Day. Uma oportunidade para trocas de cartões entre profissionais da indústria da música, startups de tecnologia e economia criativa.

Uma das novidades do Sónar+D deste ano é a inclusão da Maker Faire Barcelona em sua programação, um evento gratuito e voltado para toda a família que vai rolar no Fira Montjuïc Pabellón Italiano sábado (17/06) e domingo (18/06).

O IGL 2017 Global Conference, evento anual que destaca as principais tendências em inovação, empreendedorismo e políticas de crescimento vai acontecer no CosmoCaixa na terça (13/06) e quarta (14/06). Profissionais, makers e pesquisadores deste evento participarão também do Sónar+D na quarta-feira (14/06).

Sónar +D – Foto: Divulgação

EXPOSIÇÕES

Por fim, não menos importante, o programa do Sónar apresentará 4 exposições de arte neste ano:  “Björk Digital” no CCCB; “David Bowie Is”, uma antologia dedicada a um dos maiores astros da música pop deste (e de outros) planeta(s) no Barcelona Design Museum (e que rolou no MIS em SP, em 2014); “Lightforms / Soundforms”, a mais completa exposição sobre a obra do papa da ambient music Brian Eno, no Arts Santa Mònica; e “Blackout”, dedicada ao recém falecido artista catalão Tres, na La Virreina Centre de la Imatge.

Bowie sempre rei! – Foto: Divulgação

Posts Relacionados