O gigante acordou: influente label carioca, Bunker volta à ativa com mega festival - Pulso

O gigante acordou: influente label carioca, Bunker volta à ativa com mega festival

Se você é um dos que reclama que agosto é um mês “longo”, se prepare porque a ansiedade vai aumentar ainda mais com a expectativa do Bunker Festival: super evento que vai acontecer no dia 25 de agosto, sábado, no Riocentro (RJ).

Isso por que estamos mesmo falando de um mega evento, com 5 palcos, 34 apresentações e mais de 60 artistas se revezando nas 14h de festa.

É o retorno do selo da Bunker Rave, adormecido desde 2002 e que volta com tudo para celebrar a diversidade, unindo pessoas de diferentes tribos e idades com muita música e jogação. São esperadas 9 mil pessoas para o festival.

Publicado por Bunker Festival em Terça-feira, 22 de maio de 2018

O evento está sendo organizado por 6 grandes produtoras do Rio de Janeiro responsáveis pelas marcas Euphoria, Fosfobox, Privilège, Rap Soul, Rio Me e Revolution Party. #SomosTodosIguais foi o tema escolhido para essa grande festa que olha para o futuro, mas guarda o passado no coração.

Nosso time é composto por produtores de eventos muito expressivos e conceituados no cenário de entretenimento da noite carioca. Com essa união, buscamos unir as nossas experiências para proporcionar ao público uma noite inesquecível”, diz Cabbet Araújo, fundador da label Bunker, originada nos finais dos anos 90.

House, techno, tribal, brazilian bass, trance, funk, rock, pop, rap, black são os gêneros que irão predominar nas carrapetas dos cinco palcos distribuídos pelo enorme Riocentro. Artistas nacionais e internacionais, muitos inéditos no país, como Sharon O’Love, fazem parte do grandioso lineup.

Entre eles estão a Sharon, o Infected Mushroom, Paranormal Attack, D-Nox, Kolombo (set), Mau Mau vs. Anderson Noise, KL Jay, Linn da Quebrada e dezenas de outros artistas.  E aí, você vai ter fôlego?

História

Não é preciso ter vivenciado a era Bunker Rave para saber de toda a sua influência e importância para as pistas de música eletrônica do Brasil. Tudo começou em 1998, quando a boate Bunker foi inaugurada em Copacabana. O primeiro club de música eletrônica do Rio de Janeiro recebeu artistas internacionais que estavam fazendo sucesso mundo afora.

Sven Vath, Laurent Garnier, DJ Hell, entre muitos outros passaram por ali. Essas atrações ajudaram a desenvolver uma nova cena na cidade.

Foto: Arquivo

Em 2000, a Bunker Rave fez história como pioneira e, hoje, é tida como a ‘mãe’ de todas as grandes festas eletrônicas cariocas. As 4 edições do evento ocorreram num sítio cercado de verde, na zona oeste da cidade e fizeram história.

Foto: Arquivo

Se antes as festas saiam dos clubs para ganhar espaços grandiosos como as raves, hoje, a tendência é virar um big festival. Os tempos são outros, o público mudou.

Não tem como não ser saudosista e relembrar os tempos áureos da Bunker, mas 16 anos depois do fim “obrigatório”- a rave foi embargada pela justiça em um processo que tomou proporção nacional – olhar para o futuro é fundamental e esse parece ser um dos principais objetivos dessa nova era da Bunker. “Imperdível” é redundância.

Foto: Divulgação

Somos embaixadores!

O Bunker Festival criou uma rede de embaixadores formada por entusiastas e amantes das pistas. O Projeto Pulso embarcou nessa e você vai conferir toda a nossa experiência por aqui em breve.

Fique ligado nos vemos em algumas das 5 pixxxtas!

Serviço:

Evento: Bunker Festival

Quando: sábado, 25 de agosto de 2018, a partir das 22h.

Onde:  Riocentro – Avenida Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ).

Quanto:  a partir de R$70 

Evento no facebookhttps://www.facebook.com/events/1049748931873518/

Classificação: 18 anos

Vendas online: https://www.ingressocerto.com/bunker-festival-somos-todos-iguais

Full lineup:

Posts Relacionados