Junction 2, Reino Unido - Pulso

Junction 2, Reino Unido

O Que

Onde

Reino Unido

Quando

junho

Porque

Junho é sinônimo de festivais no Reino Unido. Seja qual for o seu estilo, existe um evento te esperando. As opções são tantas que às vezes é difícil se decidir: Cidade ou campo? Boutique ou pé-na-lama? Novo ou tradicional? Politizado ou fanfarrão? Para a sua sorte, existem festivais que reúnem um pouco disso tudo.

Realizado no Boston Manor Park, o Junction 2 conta com uma ampla área verde, muitas árvores, lagos e um rio. Porém, ao mesmo tempo, possui uma pegada bem industrial, com um enorme viaduto cortando o espaço e até uma warehouse à disposição.

(Viaduto por onde passa a M4 Motorway serve como cobertura para o Main Stage. Imagem: Divulgação)

Apesar do público se sentir fora da cidade, o parque está localizado a cerca de 50 minutos do centro de Londres e pode ser facilmente acessado de metrô. O lineup é focado na música eletrônica underground e cada um dos cinco palcos é assinado por diferentes produtoras e labels.

(Público chegando ao evento. Imagem: Divulgação)

Em 2017, a programação do Main Stage fica por conta do respeitado selo Drumcode, capitaneado pelo sueco Adam Beyer. Também se apresentam por lá o residente do Berghain (AKA a meca do techno) Ben Klock e a dupla italiana Tale of Us.

(A dupla Tale of Us é uma das maiores atrações do evento. Imagem: Divulgação)

A equipe do croata Sonus Festival, que também é a responsável pelo lendário Time Warp, faz a curadoria do segundo palco. O americano Maceo Plex e o alemão Recondite, membro do conceituado selo Innervisions, são algumas das atrações. Já a produtora The Hydra, famosa na cena underground londrina, assina a programação do stage onde se apresentam DJ Koze e Andrew Weatherall.

(Público aproveitando a área externa do parque. Imagem: Divulgação)

Uma das maiores atrações do evento é uma pequena warehouse localizada dentro dos perímetros do parque. Com curadoria do DJ/Produtor/Lenda Chris Liebing, o espaço é o local perfeito para nomes como Alan Fitzpatrick e Rødhåd fazerem o público suar. Já o núcleo Into The Woods, que produz festas secretas e exclusivas na capital inglesa, está por trás do palco outdoor localizado em meio às árvores. Ótimo refúgio para os que preferem uma vibe mais relax e o som minimalista do romeno Praslea.

(Warehouse onde se apresentam Chris Liebing e cia. Imagem: Divulgação)

Não precisa mais quebrar a cabeça para decidir se prefere ir para o campo ou permanecer na cidade, se busca um clima mais natureba ou industrial, indoor ou outdoor… o Junction 2 junta tudo isso – e muito mais – no mesmo festival.

Posts Relacionados