É Ocupação Que Você Quer? Novas Frequências Fecha o Ano Com Programação Intensa no Rio - Pulso

É Ocupação Que Você Quer? Novas Frequências Fecha o Ano Com Programação Intensa no Rio

No calendário já segue marcado: dezembro tem Novas Frequências aqui no Rio. O festival, principal evento internacional de música experimental e explorações sonoras da América do Sul, apresenta formato inusitado, com apresentações em diversas partes (incríveis) da cidade. Neste ano, a sua sétima edição acontece entre os dias 04 e 10 de dezembro, contando com 18 atrações de 10 países distribuídas em diferentes espaços. São shows, festas, performances, instalações sonoras e oficinas com conteúdo selecionado e que certamente você só verá neste festival.

Cabeçudo, diferente, esquisito. Chame como quiser. Mas é inegável a relevância de um festival onde a experimentação (sonora, visual) está presente em seu DNA. Criado pelo curador Chico Dub junto com a gestora cultural Tathiana Lopes, o Novas Frequências vem, desde 2011, ocupando literalmente pontos curiosos do Rio de Janeiro, sempre com uma curadoria instigante e que desperta a curiosidade. Com importância já reconhecida (veja abaixo), o Novas Frequências não se torna menos interessante nem com uma edição bem menor do que a anterior: falando em atrações, por exemplo, são 18 contra 50 da edição passada.

Aliás, reconhecimento é o que não falta para o Novas Frequências: o festival é considerado um dos três melhores eventos de cultura do país (Prêmio Bravo 2016), apontado como um dos melhores festivais do mundo por dois anos consecutivos – e principal evento de vanguarda brasileiro (Resident Advisor), além disso foi eleito o melhor festival do Rio (Prêmio Noite Rio 2013) e também é membro integrante da rede internacional ICAS (International Cites Of Advanced Sound). real oficial!

Mas não ache que vai ser moleza acompanhar a maratona dessa edição por contar com menos atrações. Por isso, separamos cinco sugestões ~imperdíveis para você ativar na sua agenda de eventos. Saca só:

Instalação sonora no MAM: Nicolas Field & Pontogor

Instalação permanente em um dos museus mais deslumbrantes da cidade. Audio e visual que entretém. Visita imperdível!

Jeremy Gara no Studio Line

Um dia antes de se apresentar com a sua banda mais famosa (os ótimos Arcade Fire) na cidade, o baterista Jeremy Gara apresenta o seu trabalho solo tendo como pano de fundo o seu recém lançado disco de música experimental chamado Limn. Dia 07.

Igreja da Lapa e William Basinski: A Shadow in Time

Sim, uma apresentação minimalista e com direito a homenagem post mortem ao genial David Bowie em uma igreja histórica da cidade. Precisa dizer mais? Dia 08.

“A” FESTA

As festas do festival são sempre memoráveis, com convidados incríveis e um clima já de verão na cidade, afinal, estamos em dezembro. Dessa vez a festa acontece em parceria com a galera da O/NDA – que de festa entende muito bem, obrigadx -, com local surpresa e um line up que fala por si: Acid Arab (foto), Aisha Devi, Stellar OM Source e os brasileiros Carrot Green e grassmass, além dos residentes da O/NDA. Promete! Dia 09.

ensemBle baBel plays Christian Marclay

Eis que parte do encerramento do Novas Frequências vai acontecer no grandioso Theatro Municipal do Rio com apresentação singular do quinteto (!!!) suíço ensemBle baBel, que vai tocar partituras do artista suíço-americano-genial Christian Marclay. Dia 10.

Confira a programação completa aqui!

Posts Relacionados