8 Razões que Fazem do Primavera Sound o 'Festival do Ano' - Pulso

8 Razões que Fazem do Primavera Sound o ‘Festival do Ano’

Hola! A ensolarada Barcelona é um dos destinos certos para quem vai curtir o verão europeu. A cidade respira música e é uma das responsáveis por abrir a temporada de festivais no velho continente, com a realização de dois grandes eventos quase que em sequência: o Sónar e o Primavera Sound.

Assim como o Sónar, o Primavera Sound foi crescendo vertiginosamente. Em 16 anos – desde a sua primeira edição, em 2001 -, passou de 2 dias de festival, com um público de cerca de 8000 pessoas, para 5 dias de festa e cerca de 190 mil frequentadores. Hoje o Primavera Sound é um dos festivais de música mais celebrados do mundo. Mas qual o segredo?

A edição comemorativa de 16 anos acontece nesta semana com uma estrutura impressionante e um line up de cair o queixo. É hora de preparar a sangria e analisar os ingredientes certeiros que fizeram do Primavera Sound 2016 o festival do ano.

1. O luxuoso vídeo de apresentação

Muitos defendem que o que faz um festival ser notado é a grandiosidade do seu line up. Em fevereiro deste ano, o lançamento de um foguete movimentou a web e deixou os fãs de música do mundo inteiro ansiosos. Foguete? Música? Isso! Não se trata de nada ligado a NASA, calma, mas sim do vídeo apresentação incrível que o Primavera Sound produziu para divulgar a lista de atrações matadora, incluindo Radiohead, LCD Soundsystem, Sigur Rós, PJ Harvey, Tame Impala, The Last Shadow Puppets, Brian Wilson, Air Beirut.

Criado pela agência Device, o vídeo é para ser revisto e apreciado várias vezes. Afinal, quando que a gente vê tanto nome lindo junto e misturado de uma vez só? Play!

2. Brian Wilson toca o “Pet Sounds” na íntegra

Poucos festivais se preocupam tanto em escalar artistas clássicos no seu line up como o Primavera. Os shows revival atravessam gerações e engradecem o evento, gerando equilíbrio e agradando tribos diferentes. Foi assim com o Pulp em 2011 e com o Ride em 2015, por exemplo.

Para esta edição, o Primavera Sound escalou ninguém menos do que Brian Wilson, remanescente dos Beach Boys, para tocar na íntegra o aclamado “Pet Sounds”. Oportunidade única. Mais um gol do festival!

3. La fiesta se inició en mayo

Durante todo o mês de maio, o Primavera Sound ocupou a cidade e realizou shows diversos, apresentando novos artistas e celebrando a cultura local (te contamos mais dessa estratégia por aqui!). Estamos falando do Primavera Al Bars e do Primavera Als Barris, eventos paralelos onde a música e cultura alcançam o maior número de pessoas possível em Barcelona. Um verdadeiro esquenta pro três grandes dias!

4. Barcelona 0800

Barcelona é uma das cidades mais legais (e lindas!) da Europa, com uma das melhores comidas, aquela arquitetura deslumbrante, povo festeiro e coisa e tal. O Primavera Sound, como já te contamos, realiza vários shows e apresentações pela cidade e, pasme, algumas são gratuitas.

Já começa antes da abertura do festival com o Opening Day, oportunidade na qual você pode conhecer um pouco mais da infra do evento antes da abertura oficial.  E só melhora: durante os cinco dias do festival, o Primavera Al Raval ocupa o Centre de Cultura Contemporània de Barcelona (CCCB) com uma programação rica envolvendo mais de 70 artistas e bandas, além da exibição de filmes sobre música.

Ainda no Al Raval, os pequenos têm o seu espaço “minimúsica”, onde podem se divertir e aprender sobre a história da música. Uma excelente pedida para levar toda a família.

5. Beach Club

Será que tudo pode ficar ainda mais incrível? Então, segura essa: O Primavera Sound deste ano inclui um novo beach club que funcionará entre os dias 2 e 4 de junho, nas proximidades do Parc de Fórum, e será alimentado pelo monstruoso sistema de som do Bowers & Wilkins.

“Este (evento) não é apenas sobre a festa, festa, festa. É mais sobre uma experiência de som de alta qualidade, incluindo DJs conhecidos para explorar nuances da música eletrônica.” – Alberto Guijarro, co-diretor Primavera Sound, em entrevista à Billboard.

Floating Points, DJ Koze, Mano Le Tough, Simian Mobile Disco, Maceo Plex, B2B Maars, Black Devil Disco Club e Tiger & Woods são apenas alguns dos nomes escalados para a maratona de 18 horas que acontece paralelamente ao festival. Dormir pra que?

6. PrimaveraPro

O Primavera Pro é outro evento que rola durante o festival, porém é destinado aos profissionais da indústria da música. Ele funciona como um canal de negócios, workshops e oportunidades para pessoas de diferentes áreas que aproveitam o intercâmbio cultural entre a Europa, a América Latina e a América do Norte. O programa é dividido em duas partes:

A primeira é Conferência DayPro. Por lá, rolam reuniões, workshops, oportunidade de networking e muito mais para os credenciados.

Já o segundo é o NightPro, área exclusiva para profissionais e imprensa no Primavera Sound, incluindo serviços como restaurantes, descontos nos bares, piscina privada, sala de imprensa, área de trabalho com wi-fi, armários, etc.

O PrimaveraPro também abriga o palco Showcase, um espaço para shows de artistas recém-chegados mostrarem o seu trabalho e cumprirem demandas de gravadoras.

7. In-Edit MusikFilmFestival e Feira de Discos e Artes

Para os amantes do cinema e da música, o In-Edit, mini festival de documentários sobre música é imperdível. E colecionadores podem se animar também, já que vai rolar uma feira de discos em pleno Primavera Sound, além de exposições espalhadas por todo o festival: pôsteres, desenhos, pinturas. Respire arte!

8. [Plus] BRASIL

Um dos pontos altos do Primavera Sound é a miscelânea de artistas. A música independente e mundial vibra com os nomes escalados anualmente, especialmente por abrir portas para artistas diversos, como os latinos, por exemplo. Neste ano, Chile, Peru, África do Sul, Portugal e Itália também terão representantes no festival.

O Brasil vem conquistando bastante espaço no evento. Caetano Veloso, Boogarins e Rodrigo Amarante foram apenas alguns dos artistas brasileiros que já se apresentaram por lá.

Nessa edição, o Brasil promete fazer bonito com Water Rats, O Terno, Aldo The Band, INKY, Mahmed, Quarto Negro e Nuven.

São inúmeros os motivos que fazem do Primavera Sound um dos festivais mais queridos e premiados do mundo. São 15 anos de muito amor pela música, uma curadoria especial e uma visibilidade que só agrega aos festivais em geral. O evento ainda conta com um irmão caçula português: o NOS Primavera Sound, realizado na cidade do Porto entre os dias 9 e 11 de junho.

Foi dada a largada para a temporada de festivais do verão europeu, o que será que nos aguarda? Pulsa com a gente! Amanhã vamos falar do streaming matador do Red Bull TV!

Viva el Primavera Sound!

Posts Relacionados